Arquivo da tag: transição

O que fazer enquanto esperamos pela transição

A Era de Cristal se aproxima, independente de nossa vontade. Não adianta negar: há algo de diferente na conduta geral, ou mais exatamente, no nosso modo de sentir as situações ao redor.

Nosso desejo de mudança nos pede para agirmos; por isso, podemos nos pegar dando uma volta de 180 graus na vida que vivemos até agora…

Muitos de nós estão esperando pelo grande tempo das novas oportunidades de crescimento; por uma época onde poderemos ser, verdadeiramente, quem somos, sem os laços de culpa, karma, medo e dor. Ou seja: é a melhor época para estar aqui, neste planeta!

Mas enquanto esse dia não chega, por outro lado, podemos nos sentir angustiados e atormentados!

Alguns de nós estão realmente tão cansados dos padrões deste velho mundo que pensam em desistir e terminar logo suas missões… Assim, passam dos limites: comem e bebem mais do que devem, dormem mais do que precisam, consomem suas energias – trabalhando, discutindo, convencendo, etc. – até que não sobre mais nenhuma gota de energia interna. Estes, parecem querer usar os últimos minutos e recursos pessoais para não sentirem que estão perdendo tempo.

Outros, estão paralisados, como os marinheiros à espera de um vento que empurre suas naus.

A terceira semana de dezembro de 2012 é o marco inicial, o ponto de partida para a ativação da Kundalini da Terra, que curiosamente, está relacionada ao final do calendário Maia. Eles sabiam dos ciclos, e é disso que se trata: não um final absoluto, mas um recomeço explícito. O alvorecer da época do desenvolvimento pleno dos potenciais individuais, com vistas ao bem comum.

Para os que têm tendências apocalípticas, é uma péssima notícia: não, não é o fim do mundo e sim, uma volta, espiral acima, na cadeia da evolução.

Mas de forma objetiva, se é que nos sobrou um pingo de autopercepção em meio a tantas incertezas, como é que podemos nos preparar, enquanto a ativação não vem?

  • Perdoe: solte as amarras, deixe que as algemas da dor, do ódio, da injustiça, do medo, do mal, soltem-se em direção a sua liberdade. Você não precisa fazer isso pessoalmente, se não puder, ou quiser. Pense naquela mágoa e deixe que se transforme em Luz. Perdoar: para doar, dar, se desfazer. Esse é o espírito da coisa;
  • Solte: coisas, situações, pessoas, mágoas, dores, medos. Deixe que partam de seu corpo e de sua mente. Para que tanta bagagem? Quanto você utiliza, de verdade, diariamente? Faça as malas e seja parcimonioso!
  • Separe: tenha clareza para distinguir entre o que está alinhado à nova energia e o que pertence ao velho padrão. A ajuda do Universo está disponível; nunca tivemos tanta certeza do que nos faz bem e do que nos prejudica, como agora. Aproveite este momento único, onde uma luz direta incide sobre tudo o que nos cerca, para definir o que quer levar consigo para a Era de Cristal… dentro do coração, como suporte e esteio de crescimento individual;
  • Ilumine: talvez esse seja o verdadeiro motivo de você estar vivendo neste tempo e neste espaço. Se já acordou do sono do velho mundo e está ansioso para o dia da transição, você é hoje um farol e pode sim, auxiliar aos que ainda não acordaram. Mas com cuidado: como é que acordamos alguém? Gritando e impondo o toque de alvorada, ou tão amorosamente, que arrancamos um sorriso terno daquele que estava dormindo? Explique, sem impor. Comunique, sem amedrontar. Desperte, sem assustar. Você, que já acordou, sabe fazer isso…
  • Espere: virar a vida de ponta-cabeça pode não ser benéfico, se bem que a decisão de mudar é uma motivação e tanto! Não sentimos, ainda, o fluxo de energia da Era de Cristal. Pode ser bem sensato seguir sua rotina e estar preparado para receber toda a energia que virá, mas que não conhecemos, por enquanto. Por isso, considere seus impulsos como sementes e aguarde o tempo propício para plantá-las;
  • Acalme-se: medo e ansiedade fazem parte do velho padrão, que ainda vivemos. E não sejamos imaturos: não é de um dia para o outro, instantaneamente, que uma semente vira árvore. Se você estiver com a energia de uma criança na noite anterior ao aniversário, poderá frustrar-se e acabar por desacreditar do que vê, ou nem sentir, a verdadeira transição. Aquiete seu coração e esteja receptivo para o que vier.

Nunca disseram que será fácil… e também não falaram que será difícil…

Escolha seu recomeço com a certeza de que está no tempo, espaço e padrão perfeitos para o que virá.

Estamos a dois minutos do fim do horrível jogo no qual nós mesmos nos escalamos. Já é hora de acabar, não acha? Se você quer o abraço da torcida, as palmas da conquista, a medalha dos vitoriosos, esteja preparado: sua busca terminou e a festa vai começar!

O Universo inteiro sabe que lutou muito para acordar e que agora, todo o time de gente de Luz une-se contra… ninguém!

Chega de lados opostos, de batalhas, de técnicos dando ordens, de provar sua competência para continuar jogando. Os que conseguiram estar aqui estão aptos e os que ainda não entenderam as regras do antigo jogo, onde ser útil, coletivamente, valia todos os pontos da partida, não terão com quem disputar.

Por quê?

Porque não queremos mais ter oponentes! Porque não lutaremos mais por espaço. Porque não precisaremos mais mostrar que somos “ferozes” para impormos respeito!

Nossa próxima “brincadeira” é um quebra-cabeças que montaremos juntos: primeiro, para organizar a bagunça que fizemos no intuito de consertar as coisas, sem êxito, é verdade… Depois, para vivenciar o prazer de construir em conjunto, dando ênfase às habilidades individuais e tendo como produto final, um lindo, magnífico, perfeito e útil quadro que servirá a todos, não só como obra de arte, mas como mapa de ação.

Trace sua estratégia neste espaço de transição e enquanto aguarda a chegada de seus iguais, seja Luz!

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Geral